CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar
COMPORTAMENTO
26.02.2019
CompraZen
Solidão sem dor nem tristeza
COMPARTILHAR

 

Mesmo quem não vive só, conhece muita gente que está longe da família ou sem parceiro, voluntariamente ou não. A procura do amor é um assunto recorrente nas revistas, na TV, na internet, nas conversas. Fica a impressão – equivocada – de que estar sozinho é ruim, negativo, algo que nos diminui aos olhos dos outros. Ao contrário, os momentos de solidão não são apenas saudáveis, mas fundamentais para alcançarmos o equilíbrio. Quando mergulhamos em nosso mundo interior, descobrimos o que queremos e até fazemos as pazes com nós mesmos.

O mito de que felicidade significa estar cercado de gente nos influencia a ponto de confundir ficar só com ser desinteressante e incapaz de atrair amor. Na crônica A Solidão Amiga, o escritor, psicanalista e professor Rubem Alves fala do erro de associar recolhimento a fracasso e idealizar a vida alheia: “Sua tristeza não vem da solidão. Vem das fantasias que surgem na solidão. Você compara a cena de você, só na casa vazia, com a cena (fantasiada) dos outros, em celebrações cheias de risos... Sofre a dor real da solidão porque a solidão dói. Dói uma dor da qual pode nascer à beleza. Mas não sofra a dor da comparação. Ela não é verdadeira”.

Fortalecer a autoestima – a capacidade de gostar de si mesmo – é o primeiro passo para se sentir completo, sem procurar preencher o vazio interior no contato com outras pessoas, o tempo todo. Às vezes, só descobrimos o lado bom da solidão no distanciamento voluntário da família ou dos amigos.

 

UMA PARADA OBRIGATÓRIA

 

Períodos de recolhimento são fundamentais para avaliar o rumo da vida. São momentos de acalmar as emoções e se desligar do cotidiano, para obter clareza nas prioridades e no que é preciso para ser feliz.

Às vezes, desperdiçam-se oportunidades de reflexão emendando uma atividade na outra. É comum ao se flagrar sozinho, ligar a TV, o som, o computador – ou de preferência tudo ao mesmo tempo. Essa é uma das muitas formas de fugir de si mesmo. Sábio, o corpo pode cansar desses escapes e exigir uma pausa para que haja uma recomposição interna. Uma enxaqueca ou uma dor nas costas valem como aviso de que é preciso sair da roda-viva.

 

 

solidao-sem-dor-nem-tristeza-solitude-meditacao-autoconhecimento-equilibrio-forca-interior-nosso-blog-imagem.jpg

 

 

Mesmo ao romper uma relação amorosa, para muitos surge a necessidade de procurar uma nova companhia, para fugir do autoquestionamento e não enfrentar a dor. Mas o caminho inverso pode ser mais compensador. Se você está só, descubra como usufruir dessa liberdade pessoal. O primeiro passo é concretizar metas sem vinculá-las ao encontro com a pessoa perfeita, princesa ou príncipe encantado que vai se encaixar em seus sonhos.

Tente também mudar os padrões de pensamentos – por exemplo, dando um novo significado a datas como Carnaval, Dia das Mães ou dos Namorados, que trazem uma nuvem de tristeza para quem está só. Depois, desenvolva sua criatividade. Desenhar, pintar, bordar, escrever ou realizar qualquer atividade artística, por exemplo, vai ajudar a contratar seu universo interior. Uma volta na praça ou no parque também pode ser uma maneira prazerosa de usar as horas de solidão para um encontro consigo mesmo.

Ampliar o leque de interesses e buscar adquirir conhecimento, ir ao cinema, frequentar exposições ou eventos culturais também faz diferença. Quem sai e circula acaba conhecendo gente interessante. Para isso, é preciso reprogramar o olhar sobre outras pessoas, com menos preconceito e mais condescendência, humildade e disponibilidade. Certamente, vai-se descobrir em volta gente com ideias e opiniões interessantes, fazer novos amigos e, quem sabe, até encontrar um amor.

 

É PRECISO APRENDER A ESTAR SÓ

 

Para que você se sinta bem quando está sozinho, é importante estar em paz e apreciar as horas de recolhimento. Observe-se sem medo. Deixe que todo tipo de ideia venha à cabeça e avalie por que você está pensando nessas coisas. Mesmo que o problema não seja resolvido na hora, sua observação vai abrir caminho para uma solução futura.

E para evitar desentendimentos quando sentir necessidade de se afastar dos outros, deixe claro para o parceiro e para a família que o recolhimento é importante para você e que não significa rejeição à companhia deles. Se pessoas próximas não conseguem aceitar seu isolamento, mesmo que temporário, avalie por que os outros controlam sua vida ou, ainda, por que sua individualidade os incomoda.

Procure refúgio na espiritualidade, que traz quietude e reflexão. O relaxamento também é uma prática que ajuda você a perceber melhor sua mente e seu corpo.

 

 

Fonte: Bons Fluidos, Ed. 41, Abril

 

 

Ouça “Solitude”, na voz de Mariana Aydar:

 

 

SOLITUDE

(Kavita / Luísa Maita / Jwala)

 

Na minha solidão, mando eu

Na minha solidão, quem sou eu?

Na minha solidão, mando eu

Na minha solidão, quem sou eu?

 

Na história desse rio eu sou o mar

Na história desse céu eu sou o azul

Vem que o vento não me tira do lugar

Passa nuvem, passa sol

E eu fico

 

Pra você que tem medo de mar

Pra você que tem medo de amar

Pra você que tem medo de amor e de alegria

 

Pra você que tem medo de mar

Pra você que tem medo de mata

Pra você que tem medo de amor e de alegria

 


Voltar

ÚLTIMOS POSTS

19.03.2019
A religião está no âmago da vida tibetana e governa todos os seus aspectos, tanto para os tibetanos ...
Leia mais
12.03.2019
Amar é muito bom, encontrar alguém ideal é ainda melhor, e, também, ter sucesso na ...
Leia mais
05.03.2019
O nome Buda significa “aquele que está acordado, desperto”, e esse estado é que constitui o ...
Leia mais

VEJA TAMBÉM

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar

CompraZen, seu companheiro de jornada

Formas de pagamento

Formas de pagamento

Redes sociais

Facebook Instagram Youtube

Atendimento

(11) 4721-5028

(11) 93148-0456

Site seguro

     
SOBRE CERTIFICADOS SSL
Buda
2017 - Todos os direitos reservados - Compra Zen www.comprazen.com.br - CNPJ 15.294.311/0001-88
Rua Francisco Martins Feitosa, 119 - Mogi das Cruzes - SP - 08735-420 - Brasil
Preços, condições e promoções exclusivos para o site, podendo sofrer alterações sem prévia notificação.