CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar
COMPORTAMENTO
03.03.2020
CompraZen
Convivendo com seu crítico interior
COMPARTILHAR

 

O crítico interior é a voz que nos mantém constantemente informados do que estamos fazendo de errado; de como fracassamos; dos erros que cometemos, dos que estamos cometendo no momento e que provavelmente cometeremos no futuro; de como a nossa aparência está péssima e de como em geral somos inadequados! Muitas pessoas deixam inconscientemente que esse crítico (ou uma combinação do perfeccionista, do propulsor e do crítico) mande na vida delas. É um grande alívio quando começamos a tomar consciência dessa voz interior, nos distanciamos um pouco dela e percebemos que a maioria das coisas que ela diz não é necessariamente verdade.

 

O CRÍTICO INTERIOR TENTA PROTEGER VOCÊ

 

A função do crítico interior é nos proteger de comportamentos que poderão provocar críticas, ataques, castigos, rejeições ou o abandono de outras pessoas. O crítico surgiu na nossa infância, à medida que éramos criticados. Qualquer crítica que os nossos pais, professores, irmãos, colegas etc. fizeram foram incorporadas ao nosso crítico interior. Na idade adulta, não é mais apropriado ou necessário que esse crítico interior nos controle. Um crítico interior ferino, que vive nos dizendo o que está errado conosco e o quanto somos inadequados, só serve para perpetuar a nossa baixa autoestima e falta de autoconfiança.

É hora de tomar consciência do seu crítico para que ele não mande mais na sua vida sem que você perceba. Leva algum tempo até que você elimine esse crítico interior, mas isso pode ser feito, e fará uma incrível diferença na sua vida!

 

ASSUMA O CONTROLE DO SEU CRÍTICO INTERIOR

 

Eliminar o crítico interior é um desafio. Não adianta nada tentar calar-lhe a boca; isso só o deixará mais forte. A chave é a consciência. O primeiro passo é reconhecer-lhe a voz, começar a reparar no que ele lhe diz e perceber em que momento da sua infância ele começou a se manifestar. Quando você reconhecer que ele é apenas uma voz e não a verdade absoluta, vai começar a ficar mais consciente. Então você pode se perguntar, “Isto é verdade? Eu preciso acreditar nisso? Tenho que deixar que isso me detenha ou continue a dirigir a minha vida?”

Sob a negatividade, o crítico muitas vezes tem um pouco de razão ou fala algo que faz sentido. Deixe que ele saiba que você leva em consideração os seus pontos de vista e que tentará incorporá-los à sua vida, mas que não vai mais se deixar levar pelo criticismo.

 

 

convivendo-com-seu-critico-interior-felicidade-aceitacao-tarnsformacao-nosso-blog-imagem.jpg

 

 

O CRÍTICO INTERIOR SAUDÁVEL

 

A função básica do crítico interior é nos dar discernimento: o que é apropriado e o que não é; o que funciona e o que não funciona. Precisamos ter essa perspectiva. Para viver em sociedade, precisamos compreender que tipo de resultado o nosso comportamento provocará e fazer as escolhas apropriadas. Um crítico interior saudável e funcional nos dirá coisas como, “Você fica melhor neste vestido do que no outro” ou “A palestra que você deu ontem ficaria melhor se você fizesse o seguinte...”. Em outras palavras, é essa parte da nossa mente que nos mostra maneiras de melhorarmos, mas ela não tem necessariamente de julgar com severidade tudo o que fazemos. Ela é a nossa capacidade de aprender com o que fazemos e fazer distinções úteis entre os nossos comportamentos.

 

CULTIVE UMA VOZ POSITIVA

 

Ao se dar conta do seu crítico interior, comece a cultivar uma voz que faz justamente o contrário dele. Essa voz não precisa dar um jeito para se livrar do crítico. Ela pode simplesmente ajudar a contrabalançar a voz do crítico dando a você apoio e estímulo. Pode ser uma voz maternal ou paternal positiva que diga, “Ei você está se saindo muito bem! Olhe quanto progresso já fez. Você é uma pessoa formidável e de muito valor”. Fazer afirmações é uma das maneiras de cultivar uma voz interior positiva que combata as mensagens negativas que o seu crítico lhe faz. As afirmações podem ser muito poderosas, especialmente se forem usadas com regularidade.

 

 

Fonte: Momento de Despertar, Shakti Gawain, Pensamento

 

 

 

POUCO A POUCO

(Tim Bernardes)

 

Quem eu quero agradar
Não existe, nem irá
Não existe pois sou eu
Não sei nada do que é meu
Cadê?
Cadê?

 

Não sei onde eu me perdi
Quanta coisa que eu fingi
Minha mente deu um nó
Eu podia ser melhor
Pra mim
Pra mim

 

Pouco a pouco eu vou me conhecer melhor
Pouco a pouco eu vou me conhecer melhor

 

Se eu vou contra quem eu sou
Não vou longe de onde estou
Me desculpa, eu descontei
Em quem sempre me fez bem
Errei
Errei

 

Se quem sabe eu aceitar
Quem eu sou sem censurar
Toda minha parte má
Poderia até te dar
Amor
Amor

Pouco a pouco eu vou me conhecer melhor
Pouco a pouco eu vou me conhecer melhor
Pouco a pouco eu vou me conhecer melhor
Pouco a pouco eu vou me conhecer melhor

 


Voltar

ÚLTIMOS POSTS

31.03.2020
Como nossa mãe, a Terra é a nossa melhor professora. Se prestarmos atenção, podemos ...
Leia mais
17.03.2020
O cristianismo, o judaísmo e o islamismo têm, cada qual, seu próprio livro, sua própria lei: ...
Leia mais
03.03.2020
O crítico interior é a voz que nos mantém constantemente informados do que estamos fazendo de ...
Leia mais
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar

CompraZen, seu companheiro de jornada

Formas de pagamento

Formas de pagamento

Redes sociais

Facebook Instagram Youtube

Atendimento

(11) 4721-5028

(11) 93148-0456

Buda
2017 - Todos os direitos reservados - Compra Zen www.comprazen.com.br - CNPJ 15.294.311/0001-88
Rua Francisco Martins Feitosa, 119 - Mogi das Cruzes - SP - 08735-420 - Brasil
Preços, condições e promoções exclusivos para o site, podendo sofrer alterações sem prévia notificação.