CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar
COMPORTAMENTO
06.07.2021
CompraZen
Olhar-se
COMPARTILHAR

 

A expressão “não ter necessidade é divino”, de Sócrates, destaca-se particularmente bela e significativa; diz praticamente tudo sobre a dinâmica do processo evolutivo. E também aponta o desapego como fonte genuína de bondade.

Segundo a Teosofia, todos os seres estão submetidos ao “Ciclo de Necessidades”, tendo que reencarnar continuamente até que cheguem à maior perfeição possível. Nesse ponto fecham o ciclo de necessidades, tendo aprendido todas as lições que a matéria poderia lhes oferecer.

Conclui-se, portanto, que quanto menos evoluídos são os seres, mais necessidades têm. Nesse ponto de vista, no caso de um selvagem, sua aparente simplicidade – fruto de um corpo mental ainda pouco desenvolvido – deverá evoluir para a alta complexidade observada no civilizado, para depois de reduzir de novo à simplicidade, já na condição de homem sábio.

Quais as consequências de termos muitas necessidades? Uma delas, fatalmente, é termos muitas dependências. Consequentemente, também pouca liberdade. Por isso, só o homem sábio é realmente livre, não importa se esteja dentro de uma cela ou não.

Entre as dependências que temos, só para lembrar, estão as afetivas. “Se eu perder o amor dela (ou dele) eu morro” é expressão muito comum, hoje aparecendo até na fala de crianças, em precocidade às vezes estimulada pelos pais. Outra, aparentemente menos comprometedora, é “meus filhos são tudo para mim”. Aí, quando eles morrem, saem de casa ou contrariam suas expectativas, o tudo fica sendo só você, “como era no princípio”.

 

 

olhar-se-consciencia-evolucao-aprendizado-sabedoria-liberdade-autoconhecimento-nosso-blog-imagem.jpg

 

 

Relacionamentos afetivos são fundamentais. Por meio deles nos conhecemos (os “outros” são nosso espelhos) e aprendemos limites. Entretanto, eles ainda são apenas um dos meios de crescimento, havendo outros como relacionar-se com a própria dor (em busca de suas causas), com as ideias de um autor, com as obras maravilhosas da natureza ou, ainda, com a maior obra ao seu alcance – você mesmo. Até porque tudo está aí.

Da mesma maneira que se relacionar com o outro, relacionar-se consigo mesmo – olhar para si – é fundamental. Mas não apenas a face que vemos no espelho. Procurar também a face interna, aquela que teimamos em ocultar, esteja ela escondida na parte escura de nosso ser, o subconsciente, ou na parte brilhante – o supraconsciente, o Espírito.

Isso chama-se “autoobservar-se” e, junto com a meditação, é uma chave para se acelerar a consciência, desenvolver a bondade e diminuir os conflitos, os erros e a dor de cada dia, seja a nossa ou a do mundo, o que costuma acontecer ao mesmo tempo.

“E outra coisa não faço que andar por aí, convencendo a todos, jovens e velhos, a não cuidarem tanto do corpo e das riquezas e sim de melhorarem a alma o mais possível, alertando-os que não é das posses materiais que vem a virtude, mas é da virtude que vêm as posses e outros bens”. Palavras de Sócrates, segundo Platão, seu discípulo.

 

 

Fonte: Sophia, Editora Teosófica, Jul/Set 2006

 

 

Uma parada para respirar, observar, descobrir, com Marina Machado:

 

 

QUIETO UM POUCO

(Maurício Pereira / Dino Vicente)

 

Difícil notar
A idade que eu tenho
Quando eu tô vivendo
Difícil dizer
Se é saudade que eu tenho
Quando eu tô sentindo
Vai amanhecer vou por aí sozinho
É...
Difícil de crer
A certeza que eu tenho
Quando eu tô tentando
Difícil brecar
A alegria do vinho
Quando eu tô te vendo
Vai amanhecer vou por aí sozinho
É...
Eu vou caminhar

Vou subir um morro
Olhar pra a cidade
Ficar quieto um pouco
Difícil conter
Tanta coisa que eu tenho
Quando eu tou vazio

 


Voltar

ÚLTIMOS POSTS

20.07.2021
As pessoas anseiam pela paz. Mos o que querem dizer com paz? Podemos pensar na paz como ausência de guerra. Mas ...
Leia mais
06.07.2021
A expressão “não ter necessidade é divino”, de Sócrates, destaca-se ...
Leia mais
22.06.2021
O Tai Chi Chuan é uma antiga disciplina chinesa, tradicionalmente usada para a saúde, relaxamento, ...
Leia mais
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar

CompraZen, seu companheiro de jornada

Formas de pagamento

Formas de pagamento

Redes sociais

Facebook Instagram Youtube

Atendimento

(11) 96706-4719

Buda
2017 - Todos os direitos reservados - Compra Zen www.comprazen.com.br - CNPJ 14.088.607/0001-80
Rua Francisco Vaz Coelho, 847 - Vila Lavínia - Mogi das Cruzes - SP - 08735-440 - Brasil
Preços, condições e promoções exclusivos para o site, podendo sofrer alterações sem prévia notificação.