CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar
CULTURA
12.10.2021
CompraZen
A antiga tradição do benzimento
COMPARTILHAR

 

Conhecimento dos mais ancestrais do mundo, o benzimento aparece com características próprias nas diversas culturas e religiões. A palavra “benzer” vem do latim benedicere, que significa fazer o sinal da cruz sobre uma pessoa ou coisa, recitando fórmulas litúrgicas, para consagrá-la ao culto divino ou chamar sobre ela algum favor do céu. Trata-se de um ato de súplica, imploração, de pedido insistente aos deuses para que eles se dispam de seus mistérios e se tornem mais presentes, concretos, trazendo boas-novas e produzindo benefícios aos mortais. O modo como cada benzedor encaminha sua rezação revela sua formação religiosa e sua visão de mundo e quase sempre as bênçãos são praticadas com o objetivo de pedir proteção e boas energias.

 

 

a-antiga-tradicao-do-benzimento-benzer-bencao-espiritualidade-oracao-cura-milagre-nosso-blog-imagem-1.jpg

 

 

Desde a Antiguidade o ser humano acredita que as rezas e os benzimentos têm o poder da cura. Essa crença tem um sentido e encontra respaldo na ideia que nossos ancestrais tinham das doenças. Eles as viam como maldição dos deuses. Fora isso, as mulheres enfrentavam os problemas de saúde administrando chás com ervas acompanhados de muitas orações. Foi provavelmente desses usos que surgiram os tratamentos com ervas medicinais. No Brasil, a tradição dos benzimentos chegou pelas mãos dos portugueses e se misturou rapidamente às culturas africanas e indígenas. Para os estudiosos, essas práticas são pertencentes ao catolicismo popular oriundo do meio rural. À medida que os moradores do interior do país se mudam para as grandes cidades, levam sua bagagem essa tradição.

 

 

a-antiga-tradicao-do-benzimento-benzer-bencao-espiritualidade-oracao-cura-milagre-nosso-blog-imagem-2.jpg

 

 

Do ponto de vista antropológico, o que explica a perpetuação dessa tradição é o fato de que, diante da aflição, da dor, o ser humano se liberte de alguns preconceitos e se abra para todo tipo de ajuda. Em nosso inconsciente está fincada a informação de que encontraremos as receitas do bem viver com quem tem o dom de conhecer os segredos da natureza e devoção suficientes para clamar aos deuses e santos.

Alguns antropólogos explicam que os benzedores são importantes porque eles nos ajudam a nos organizar psicologicamente, nos fazendo compreender o nosso caos interno, sutileza que o médico não tem mais tempo de cuidar, já que temos um atendimento cada vez mais caro e rápido. O benzedor acaba fazendo o papel de um terapeuta, que ouve, com carinho e atenção, o benzido.

 

 

a-antiga-tradicao-do-benzimento-benzer-bencao-espiritualidade-oracao-cura-milagre-nosso-blog-imagem-3.jpg

 

 

Acredita-se que as benzedeiras ocupam uma posição especial e estabelecem relações de reciprocidade pelos seus saberes e poderes. Seu papel continua vivo e é fundamental na sociedade porque cria um vínculo com a natureza e proporciona alento aos males diversos. Nessa medicina chamada mágica, os benzimentos pretendem curar o que de estranho foi colocado pelo sobrenatural no corpo ou espírito do doente e extirpar o mal que o faz sofrer. Dependendo do conhecimento do benzedor, ele poderá tratar os males de causas sobrenaturais como “mau-olhado”, “quebranto”, “calundu”, “encosto”. Ou apenas as doenças revestidas de aspectos naturais, como erisipela, isipra, antraz, arca-caída, cobreiro, fogo-selvagem, ventre-virado, carne-aberta e sol na cabeça.

Há ainda um grupo de questões que são tratadas pela fitoterapia popular, como as garrafadas, chás, xaropes, banhos, compressas, fricções, pomadas e até pílulas de bênçãos também podem fazer parte do ritual desses senhores das almas. Mas a verdadeira benesse de seus serviços está em sua linguagem mágico-simbólica, muitas vezes só compreendida por quem está aberto.

 

Fonte: Bons Fluidos, Ed. 204

 

 

 

DEUS ME PROTEJA

(Chico César)

 

Deus me proteja de mim e da maldade de gente boa
Da bondade da pessoa ruim
Deus me governe e guarde ilumine e zele assim

 

Caminho se conhece andando
Então vez em quando é bom se perder
Perdido fica perguntando
Vai só procurando
E acha sem saber
Perigo é se encontrar perdido
Deixar sem ter sido
Não olhar, não ver
Bom mesmo é ter sexto sentido
Sair distraído espalhar bem-querer

 


Voltar

ÚLTIMOS POSTS

12.10.2021
Conhecimento dos mais ancestrais do mundo, o benzimento aparece com características próprias nas diversas ...
Leia mais
28.09.2021
Os grandes instrutores religiosos são como médicos para as doenças do mundo. Superficialmente, a ...
Leia mais
14.09.2021
Este texto foi desenvolvido a partir de uma pesquisa médica intitulada A ciência descobre o verdadeiro ...
Leia mais
CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar

CompraZen, seu companheiro de jornada

Formas de pagamento

Formas de pagamento

Redes sociais

Facebook Instagram Youtube

Atendimento

(11) 96706-4719

Buda
2017 - Todos os direitos reservados - Compra Zen www.comprazen.com.br - CNPJ 14.088.607/0001-80
Rua Francisco Vaz Coelho, 847 - Vila Lavínia - Mogi das Cruzes - SP - 08735-440 - Brasil
Preços, condições e promoções exclusivos para o site, podendo sofrer alterações sem prévia notificação.