CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar
ESPIRITUALIDADE
26.04.2022
Fernando Pessoa
Canção de Outono
COMPARTILHAR

 

No entardecer da terra

O sopro do longo Outono

Amareleceu o chão.

Um vago vento erra,

Como um sonho mau num sono,

Na lívida solidão.

 

Soergue as folhas, e pousa

As folhas, e volve, e revolve,

E esvai-se inda outra vez.

Mas a folha não repousa,

E o vento lívido volve

E expira na lividez...

 

Eu já não sou quem era;

O que eu sonhei, morri-o;

E até do que hoje sou

Amanhã direi, quem dera

volver a sê-lo!... Mais frio

O vento vago voltou.

 

Fernando Pessoa

(poema de 1910, publicado em 1922 no Semanário "Ilustração Portuguesa" nº 833)

 

cancao-de-outono-fernando-pessoa-literatura-poesia-meditacao-espiritualidade-nosso-blog-borda.jpg

 

 

Mergulhe na serenidade de "Autumn Calm":

 

 


Voltar

ÚLTIMOS POSTS

24.05.2022
Na Índia, o deus Ganesha é um dos mais populares na religião hindu. A seguir, quatro curiosidades ...
Leia mais
10.05.2022
Sua imaginação é uma poderosa e criativa ferramenta para transformar sua vida. A seguir, ...
Leia mais
26.04.2022
No entardecer da terra O sopro do longo Outono Amareleceu o chão. Um vago vento erra, Como um sonho ...
Leia mais
CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar

CompraZen, seu companheiro de jornada

Formas de pagamento

Formas de pagamento

Redes sociais

Facebook Instagram Youtube

Atendimento

(11) 96706-4719

Buda
2017 - Todos os direitos reservados - Compra Zen www.comprazen.com.br - CNPJ 14.088.607/0001-80
Mogi das Cruzes - SP - Brasil
Preços, condições e promoções exclusivos para o site, podendo sofrer alterações sem prévia notificação.