CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar
COMPORTAMENTO
07.06.2022
CompraZen
Deixe a vida acontecer... naturalmente
COMPARTILHAR

 

O escritor Guimarães Rosa preconizou: o nosso estado de plenitude não pode ser programado. Ser feliz é uma questão para aqui e agora.

Muitos entre nós vivemos em um estado de tensão constante, sempre tentando controlar situações de modo a que somente coisas boas nos aconteçam. É um esforço para que nada saia “da linha” e a vida siga conforme planejada e idealizada. A frustração – que inevitavelmente acontece – gera ansiedade levando-nos a redobrar o empenho para controlar ainda mais as rédeas da vida. Um acontecimento repentino, sério e desastroso não apenas nos tira do prumo, mas, devido à nossa insistência para que nossos desejos e planos sejam realizados, nos exaure. Enquanto isso, inconscientes do que provocamos com nossos complexos e do que a vida oferece ao largo, perdemos novas oportunidades, diferentes das sonhadas, mas que poderiam nos surpreender enriquecendo muito nossa qualidade de vida e bem-estar.

Afinal, é isso o que todos buscamos. Mas os caminhos para viver mais feliz com o que temos e sabendo quem somos nem sempre acontecem ao acaso. É necessário estar atento para percorrer a estrada do autoconhecimento. Questões simples, mas não superficiais, como “Quem somos nós?”, “Qual o sentido da vida nesse planeta?”, devem ser tratadas com profundo respeito. Vale ainda uma grande instrução: as pessoas podem ser felizes se abandonarem as ilusões.

Por meio de ações singelas podemos mudar o nosso contentamento diário e ficar mais satisfeitos com a vida. Ações simples são atividades que nos colocam em paz e harmonia com a gente mesmo, em primeiro lugar. Para algumas pessoas, um momento de profunda paz interior é ir buscar o filho na escola. Para outras, arranjar a agenda de forma a poder tomar o café da manhã e ler o jornal antes de partir para o trabalho. Há ainda quem escolha fazer um curso de literatura, bordado, cuidar do jardim.

 

 

deixe-a-vida-acontecer-relaxar-confiar-aqui-agora-fluir-viver-bem-felicidade-plenitude-nosso-blog-1.jpg

 

 

Saber o que coloca você nesse movimento de fluxo consigo mesmo é de grande ajuda. E não é difícil. Para se conhecerem é preciso que as pessoas saiam de um circuito fechado e pequeno em que vivem e que julgam como a única realidade existente. Nesse espaço que criamos, não temos consciência de que o que nos cerca é infinitamente maior. Ficando nesse “mundinho”, as pessoas pensam que é tudo sempre igual – o que, de fato, acaba sendo, porque nos repetimos neuroticamente. Ao permanecer nessa pequena área, repetitiva e pouco criativa, nós não achamos saída para os nossos sofrimentos e acabamos nos deprimindo, sofrendo de ansiedade, de insônia, ou de problemas somáticos.

Mas tem um jeito de sair desse modelo engessado. Em primeiro lugar, parando de idealizar a felicidade como algo que ainda virá ou que já passou. Frases como “quando eu fazia aquela atividade é que eu era feliz” ou “quando eu emagrecer vou alcançar a felicidade” tendem a levar à autossabotagem frequente. Sem contar que também são uma forma de se desresponsabilizar pelo ser feliz hoje.

A vida não acontece em um ponto de chegada de uma corrida, onde estacionamos depois dos desafios. A vida é toda a trajetória, do começo até o fim da partida, e em cada momento desse caminho é possível sentir-se bem. Aliás, o que é mesmo felicidade? Muitas vezes mitificamos esse sentimento, sem saber ao certo defini-lo. Viver com bem-estar e saúde e com liberdade de expressão, se encaixa lindamente nesse contexto.

 

 

deixe-a-vida-acontecer-relaxar-confiar-aqui-agora-fluir-viver-bem-felicidade-plenitude-nosso-blog-2.jpg

 

 

VIVER O PRESENTE

 

Focar no presente é vital. Por quê? Porque é a única realidade que a gente tem. Do passado só temos a memória, e o que fica nela são apenas aqueles momentos em que houve emoção – o resto se perde no caminho. Do futuro possuímos menos ainda. A grande verdade é que só o presente nos pertence e nós usufruímos muito pouco dele. Passamos um tempo enorme idealizando, rememorando, e esquecemos que a felicidade só é real no aqui e no agora.

Obviamente, não devemos viver para ser felizes no futuro, mas também é preciso planejar o que fazemos da nossa vida a partir de desejos que temos hoje. Porém, o futuro que não merece ser vivido é aquele das possibilidades incontroláveis, do medo e da angústia. Jung dizia que as pessoas que vivem bem são aquelas que fazem planos de coisas boas que elas gostariam que acontecesse a elas no futuro: ‘Eu quero viajar’, ‘Quero comprar uma casa’, ‘Quero ter um filho’. A vida baseada em fantasias e no ‘só vou ser feliz quando (...)’ é a grande questão a ser evitada.

Idealizar demais é ir na contramão da felicidade. É tirar do mundo concreto as ações necessárias para essa sensação de bem-estar vir de fato a acontecer. Além disso, se só fazemos planos e colocamos neles altas expectativas, nos predispomos a frustrações muito recorrentes. Podemos até adoecer por não saber lidar com o fracasso – alta da pressão, infarto, gastrite são algumas das respostas.

Imprevistos – há os ruins, mas também os bons – acontecem o tempo todo. De banalidades como um carro que travou o seu no estacionamento, até uma doença grave ou briga familiar. A repercussão desses acontecimentos sobre nós pode ser temperada com uma mudança de prioridades e perspectivas. Às vezes, por um problema pontual as pessoas entram em uma tortura sem fim, sem perceber quantas bênçãos elas também têm.

 

 

deixe-a-vida-acontecer-relaxar-confiar-aqui-agora-fluir-viver-bem-felicidade-plenitude-nosso-blog-3.jpg

 

 

Durante a vida, sacrificamos os finais de semana trabalhando para acumular dinheiro que só será gasto na aposentadoria, deixamos de comer coisas que amamos para atingir um padrão de beleza que não corresponde à natureza do nosso corpo, abdicamos de estar com as pessoas queridas por exaustão. Passamos pela vida mornos, correndo atrás de um prêmio que talvez nem faça mais sentido quando alcançado. É claro, dar nossos pulinhos para alcançar um objetivo, enfrentar algum risco, dá, inclusive, tônus à nossa jornada. E é vital. Importante, no entanto, é manter bem calibrados os mecanismos que levam à busca da estabilidade. Como? O princípio é claro: você não deveria ir contra a sua qualidade de vida. Os desejos que não podem ser realizados não precisam ser reprimidos, mas sim transformados, repensados ou reorganizados para manter nosso equilíbrio. E tudo bem vir um pouco de frustração de vez em quando.

Curioso é o exemplo que ela traz para destacar o quanto uma boa dose de decepção faz bem. Quando cumprimentamos um aniversariante, desejamos a ele “que só coisas boas lhe aconteçam”, mas, pense bem. De verdade, só queremos o belo, o fluido, o bom na nossa vida e na de quem queremos bem? Isso é felicidade? Por que não desejamos boas experiências, desafios, descobertas? Outro cutucão importante: essa mensagem pasteurizada de que tudo vai bem e que enviamos uns aos outros diariamente, principalmente pelas redes sociais, não agrega muita coisa ao relevo da vida. Mas diz muito sobre como a concepção estreita que temos da felicidade. É por isso que, em tempos de respostas imediatas, banalização dos afetos e dependência de aprovação da nossa imagem, o autoconhecimento se faz tão relevante.

A máxima “Só sei que nada sei” é também muito adequada para quem está em processo maduro de autoconhecimento. Quando pensamos que já nos conhecemos o suficiente, podemos cair na armadilha da arrogância. Melhor ser humilde e manter o processo em evolução constante. Quanto mais nos conhecemos, mais sabemos que somos falíveis. E isso assusta menos. Parar de correr atrás dessa felicidade parece, paradoxalmente, atraí-la. Um descuido esperto.

 

 

Fonte: Bons Fluídos. Ed. 212, Editora Abril

 

 

Mergulhe na paz com a voz melodiosa de Ajeet Kaur:

 

 

PEACE

 

Peace within me

Peace surrounding me

Peace from me

By thy grace let there be peace…

 

Ek Ong Kar Sat Nam Siri Wahe Guru

 


Voltar

ÚLTIMOS POSTS

21.06.2022
Os Elementais da natureza são seres divinos que podem estar no nosso cotidiano. São energias que protegem ...
Leia mais
07.06.2022
O escritor Guimarães Rosa preconizou: o nosso estado de plenitude não pode ser programado. Ser feliz ...
Leia mais
24.05.2022
Na Índia, o deus Ganesha é um dos mais populares na religião hindu. A seguir, quatro curiosidades ...
Leia mais
CompraZen
Meditação, yoga e bem-estar

CompraZen, seu companheiro de jornada

Formas de pagamento

Formas de pagamento

Redes sociais

Facebook Instagram Youtube

Atendimento

(11) 96706-4719

Buda
2017 - Todos os direitos reservados - Compra Zen www.comprazen.com.br - CNPJ 14.088.607/0001-80
Mogi das Cruzes - SP - Brasil
Preços, condições e promoções exclusivos para o site, podendo sofrer alterações sem prévia notificação.